Queen no Brasil - 1981 / 1985

40 anos depois, a magia continua

  • Facebook
  • Instagram

Release

Uma justa homenagem à melhor banda de rock do mundo!

O Projeto Editorial “QUEEN NO BRASIL - 40 Anos depois, a magia continua”, foi idealizado por William Nilsen, fundador e presidente do primeiro Fã-clube oficial do grupo britânico na América Latina, para homenagear a maior banda de rock do mundo, após 40 anos de seu primeiro show no Brasil.  A ideia foi imediatamente acolhida pela jornalista, fotógrafa, designer gráfica e diretora da Lisbela Editora, Márcia Mossmann, na primeira conversa com o autor.

O prefácio é do músico Tim Staffell, ex-vocalista da Smile, banda britânica que deu origem ao Queen. 

A ilustração da capa é do artista plástico argentino Nenu Arts (Dario Adrián Vega).

1981-03-19 Show TV band.jpg

Foi o meu primeiro show de rock (fui escondida do meu pai que pensava que esse tipo de show não era ambiente para garotas). Nunca mais vou me esquecer - ouvir a voz do Freddie alí foi uma emoção indescritível. Tenho várias lembranças desse show, mas tem uma que não esqueço, que foi o Freddie escalando a torre metálica durante Sheer Heart Attack. Quem estava no estádio naquela noite vai lembrar dessa cena - ele lá no alto!!!! Espero que eles voltem com Adam Lambert, pois, o Brasil ama o Queen!!!

Denise Scaglione (São Paulo - SP, Brasil)

Depoimentos

Eu assisti o show do Queen no dia

21 de março de 1981.

No dia do show, nem fui a escola (até então, nunca havia faltado senão por doença)

Coloquei a camisa do fan clube “We Rock You” e fomos para o estádio. Eu e meu amigo inseparável Paulo Borges, nos sentamo no fundo do ônibus e até chegarmos no estádio fomos berrando “We Willi rock You"... Chegamos por volta de 13h.

O show começou às 21h...

Kil Sang Kim

(São Paulo- SP, Brasil)

O Queen quebrou tudo na noite de 20/03/81 e eu estava lá, meu primeiro show da vida com 14 anos, nada mal. Energia pura, 131.000 pessoas acho que eles também enlouqueceram porque entregaram um show impecável, mesmo com o cabo da guitarra do Brian se soltando durante o seu solo, único deslize. Olhava para o céu e pensava; sim, estou aqui! Um show dinâmico e envolvente com um setlist preciso e muito Rock'n Roll, um  dos últimos sem músico de apoio, apenas a banda quebrando tudo.

Marcelo Gomes

(São Paulo - SP, Brasil)

Como surgiu o projeto editorial

A história da história 

00:00 / 03:43

William Nilsen fez seu primeiro contato com Márcia Mossmann, diretora da Lisbela Editora no ápice da pandemia de COVID-19, em maio de 2020, por intermédio de Lara Repolez, amiga comum de ambos. No início, o autor pretendia publicar um livro simples contando a história do 1º Fã-clube oficial do Queen na América Latina e, como ele e os membros do Clube acompanharam as vindas da banda britânica a São Paulo e ao Rio de Janeiro, na década de 80.

A publicação tinha como principal objetivo homenagear os quarenta anos dos shows do Queen em São Paulo, em 1981, bem como, referenciar os shows emblemáticos do Grupo no Rock in Rio, em 1985, ambas ocasiões seguidas e registradas, de perto, pelo autor e por membros do Fã-Clube “We will rock you” presidido por William.

Entretanto, considerando a marca registrada da Lisbela Editora ser a produção de livros de arte (coffee table books), Márcia Mossmann considerou que esta obra tinha tudo para ser produzida neste formato, devido ao apelo visual da Banda e ao impacto que poderia causar nos fãs, músicos e amantes do Rock, propondo então, a apresentação do projeto a possíveis patrocinadores, nos moldes de outras publicações realizadas por sua editora.

Sendo assim, William aceitou o desafio e, juntos elaboraram e formataram o projeto, começando o trabalho hercúleo de buscar apoio para a construção do conteúdo (imagens, depoimentos etc.) e financeiro, pois, um livro neste formato requer um orçamento vultuoso. Para obter imagens, depoimentos e possíveis dicas de apoio financeiro, durante meses, foram vários os contatos realizados junto a Tim Staffell, Peter Hince, Jim Beach, Marco Tobal, Billy Bond, Paulo Ricardo, Paula Clivati Prado, Marta Rose Grisolia entre vários outros colaboradores citados nos créditos do livro, que, de alguma forma, contribuíram direta ou indiretamente para a sua concretização.

Por outro lado, a prospecção de patrocínio foi uma verdadeira saga. O foco dos mentores do projeto editorial era obter apoio do Rock in Rio, por meio das empresas patrocinadoras do evento e de Roberto Medina, criador do maior festival musical já realizado no Brasil. Havia uma expectativa da Pandemia ser controlada rapidamente e da IX edição do RIR ocorrer em setembro de 2021. Mas não foi o que aconteceu. E, mesmo buscando apoio pelas leis de incentivo cultural, considerando o conturbado cenário econômico e político no Brasil, Márcia e William não conseguiram o patrocínio necessário para executar o projeto no formato proposto, digno de uma justa homenagem ao Queen.

Em maio de 2021, a Lisbela Editora lançou uma promoção de edição de livros (brochura) por um valor bastante acessível, a qual não contemplava edições de luxo, devido à sua complexidade, mas incluiu a obra de William Nilsen no “pacote”. E assim, a dupla lançou a ideia em uma Live realizada ainda em maio, na qual informaram que o livro seria publicado em formato E-book pela Amazon.  Mas a editora, avaliou que por tratar-se de uma obra com conteúdo em sua maioria fotográfico, o mesmo não se adequaria como E-book, principalmente considerando as páginas duplas com imagens.

E mais uma vez, o tiro foi redirecionado. Após muitas buscas, Márcia Mossmann encontrou uma gráfica em Londrina – PR que produz publicações de luxo on demand. O valor para impressão da tiragem mínima exigida pela gráfica (100 exemplares), viabilizou editar o livro e imprimi-lo no formato luxo, inicialmente idealizado. 

Este livro é, além de uma linda homenagem ao Queen e seus integrantes e fãs, a prova de que não devemos desistir dos nossos sonhos. O sonho de William Nilsen tornou-se realidade e a Lisbela Editora tem muita gratidão pela confiança do autor em colocar esta obra sob sua coordenação e produção.

Márcia Mossmann

Editora Responsável

 

De repente, escritor

Aos vinte e um anos de idade, liderando um Fã-Clube do Queen, na verdade, o primeiro Oficial da América Latina e vivendo aquela loucura dos shows do Morumbi, em 1981, eu jamais poderia imaginar que 40 anos depois, estaria aqui, divulgando esta obra escrita por mim, reunindo material riquíssimo em textos e imagens publicados em um livro de arte.

Isso é DEMAIS!